Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

DEUS SEGUNDO SPINOZA

“Pára de ficar rezando e batendo o peito! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti. Pára de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa. Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias. Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti. Pára de me culpar da tua vida miserável: Eu nunca te disse que há algo mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo mau. O sexo é um presente que Eu te dei e com o qual podes expressar teu amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te fizeram crer. Pára de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar de teus amigos, nos olhos de teu filhinho… Não me encontrarás em nenhum livro! Confia em mim e deixa de me pedir. Tu vais me dizer com…

Últimas postagens

Trovetinha de pé quebrado

Artigo: A lei 8.666/93 e o regime diferenciado de contratações, diferenças e semelhanças nas legislações

RESENHA CRÍTICA: Psicanálise com Crianças - COSTA, Teresinha. Psicanálise com crianças. 3ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2010. 88 p.

A QUINTA VIDA DE ELIS

De olho na língua

OS HUMANOS SÃO NATURALMENTE CARNÍVOROS?

Pappardelle ao molho branco

Risoto de pera

Redação Oficial: Vícios, chavões e inutilidades