quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

É preciso viver.

Então viva e deixe  viver.

Nem sempre sua opinião é igual a dos outros, nem todos tem que concordar com ela, isso não os faz inimigos,  melhores ou piores que você,
O que é muito bom  para você não é o melhor para mim e vice-versa,
Não somos donos de verdades absolutas,
Estamos neste plano, todos dentro da mesma insignificância de pequenos erros, pequenos acertos e pequenas evoluções,
Se aceite, pois não pode dar amor quem não o tem por si mesmo,
Não se pode viver a vida de outrem, contente-se em viver bem a sua,
Relaxe, o copo dentro da pia ou em cima da mesa, talvez não faça tanta diferença assim,
Analise se está no caminho certo, ou apenas quer fazer valer sua opinião,
Um troféu de batalha poderá vir em forma de mágoas e remorsos,
E ao fim da vida, se descobrir que está só, não haverá de culpar os outros mas de olhar teu caminho percorrido, as flores que plantou e as que pisou,
Saiba receber o bem, aceite as boas energias do universo, saia da zona de defesa, e respire paz.
Enfim, seja leve, seja uma pessoa agradável de conviver, pois os obstáculos da vida virão de qualquer forma, então melhor que se passe por eles sem conflitos, sem rancores, sem dor.

Pensa que tem amor, aquele que ama a uns e odeia a outros.

Coisas de Elis

Nenhum comentário: