segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Dingo bel, dingo bel!!! Ho, ho, ho...

Dingo bel, dingo bel!!! Ho, ho, ho...

E chegou o Natal! E acabou 2013!

Esse 2013, me ensinou muita coisa, especialmente a ser forte, me ensinou a superação, a correr para além do meu limite  todo dia. E vim até aqui, assim....sem ganhar novos kg, embora sem perder todos que gostaria. Foi duro, mas foi leve, suave e dramático. Estive tão emotiva nesse ano! Chorei de feliz, de decepcionada e até de cansada. Dei as mais gostosas gargalhadas, e vivi momentos encantadores. Olhei para o pôr-do-sol com outros olhos, e contemporizei cada dia. Não foi o "ano da mudança", nem o ano da virada, ele apenas começou um dia após 2012, e acabará deixando o amanhecer para 2014. E eu, vou continuar o que comecei em 1978, quando nasci, seguindo a uma linha já escrita, ou que escrevo todo dia  uma palavra, não sei. Não importa. A vida mantém sua forma cíclica e vai nos devolvendo as mesmas energias que deixamos pelo caminho.Vale lembrar que, nesse 2013, comecei a trabalhar  meu "eu" para ser mais egoísta, se assim preferirem chamar (usando as palavras da minha professora de Yôga), e fazer só aquilo que me deixa bem, que me faz melhor. É tempo de viver pra mim, sem isso não me permito ser.

Cansei de ser espelho! Se gosto de aspargos vou comê-los mesmo que todos se deliciem com picanhas suculentas.


Muito obrigada a todas aquelas pessoas sinceras que me desejaram felicidades via face ou via "face" nesse ano, a minha vida tem mais luz porque tenho vocês. 
Que uma onda gigante de boas energias invada todos nós e que tenhamos os próximos 365 dias de muita paz, luz e crescimento pessoal!

Nenhum comentário: