quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Égua vítima de maus-tratos na capital, se recupera

Foto: Zero Hora
A  história triste de uma égua comprada por R$ 100,00, para ser salva de seu dono e  sua crueldade, pode ter um final feliz. Ela está sendo tratada e se recupera. Como essa, há tantos animais vítimas desse tipo de tratamento, perambulando pela capital gaúcha. Temos uma lei federal que prevê proteção aos animais, mas como grande parte das leis elas na prática deixam de ser aplicadas. Veja o que diz :
"A Lei Federal, número 9.605, de 1998, no seu artigo 32, diz:— Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos;
— Pena: detenção, de três meses a um ano, e multa."

Acompanhe a matéria completa no site da Zero Hora:
Há grande descaso com os animais em Porto Alegre, principalmente com os cavalos, mas também com cães e gatos abandonados. Existem ONG's bem intencionadas e grupos que ajudam, mas faltam providências dos gestores públicos, com medidas mais drásticas para evitar cenas cruéis, que passam diariamente por nossas ruas. Um exemplo: os carroceiros passam até 12 horas com os animais atrelados, troteando pelas ruas, alguém sabe onde esses animais bebem água? Será que bebem? Ou eles são proibidos de trafegar, ou que sejam bem tratados. Que se coloquem pontos com água, como nos tempos antigos, em frentes as vendas, o que não é admissível, é fingir que esses animais e essas pessoas não existem.

Nenhum comentário: