quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Agentes penitenciários presos no RS

"Agentes penitenciários são presos no RS por suspeita de receber propina

Dois agentes penitenciários do Presidio Regional de Passo Fundo foram presos na manhã desta quinta-feira (16) sob suspeita de receberem propina de apenados do presídio, localizado na região noroeste do Rio Grande do Sul. Cinco detentos do regime semiaberto também foram presos durante a Operação Intramuros, deflagrada pela Polícia Civil.Segundo a Delegacia Especializada de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), uma investigação iniciada em junho de 2011 para apurar tráfico de drogas dentro da casa de detenção revelou um esquema de corrupção envolvendo apenados do regime semiaberto que pagavam aos agentes entre R$ 100 e R$ 150 por dia para não retornar ao albergue. Com isso, tinham as presenças confirmadas nos controles da penitenciária.
Além dos dois agentes, outros cinco apenados do semiaberto que teriam participação no esquema tiveram a prisão preventiva decretada e já foram encaminhados para o Presídio de Passo Fundo. A Polícia Civil atribui a esses detentos pelo menos 16 ocorrências de roubos praticados no período em que deveriam estar recolhidos ao albergue do presídio.
Um dos suspeitos chegou a ser reconhecidos por várias vítimas de roubo a residências de alto padrão durante investigações da polícia, mas o homem supostamente estaria recolhido ao albergue no dia da ocorrência. "Isto atrapalhou a resolução de vários crimes. Com tinham o álibi, a polícia muitas vezes descartou eles por acharmos que estavam dentro da casa prisional. Muitos crimes poderiam ser resolvidos antes se não houvesse a conivência dos agentes", disse o delegado da Defrec, Adroaldo Schenkel, ao G1."


Fonte : http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2012/02/dois-agentes-penitenciarios-sao-presos-por-receberem-propina-no-rs.html

********
Em meio a tantas aspirações de mudanças e melhorias no sistema carcerário do estado, fatos isolados como esse, acabam repercutindo negativamente para toda classe de servidores. Por enquanto não existem culpados, e sim suspeitos. Deverão ser feitas investigações e se comprovado for, serão punidos. Vale lembrar-nos que as leis são para todos e o que nos separa dos apenados é apenas a grade, no momento que nos igualarmos a eles em atitudes, teremos o mesmo tratamento.

Nenhum comentário: