sábado, 15 de outubro de 2011

Um dia, comum, misto úmido e quente. Passei o dia emburrada, meio cansada, resmunguenta. Pobres colegas de trabalho. A Presidenta¹  Dilma, particularmente, prefiro dizer presidenta, enfim, estava hoje em Porto Alegre. Eu queria tê-la visto,ouvido. Não foi possível. Estava trabalhando, e muito. Tenho trabalhado muito! E ainda há os que falam que servidor público só pendura casaco na cadeira. É claro que de alguns é bem verdade. Bom, eu ainda trabalho, ainda acredito em políticas descentes, em buscar o melhor para coletividade, sim, é isso, continuo utópica, me decepciono, me decepciono e me decepciono. Mas persisto. Ainda persisto.
¹( De acordo com as lexicógrafas Marina Baird Ferreira e Renata de Cássia Menezes da Silva, a origem de presidenta prende-se, é claro, ao vocábulo presidente, mas não por flexão e, sim, por derivação. “Houve a substituição da vogal temática (-e) pela desinência formadora do feminino em português (-a). Fato que se deu por analogia com inúmeras outras palavras da língua, como chefa e governanta”, escreveram elas no estudo publicado pelo IG.)
¹

Nenhum comentário: