domingo, 27 de junho de 2010

Não te esqueças jamais: Liberdade Igualdade Humanidade


Hino do Rio Grande do Sul
Oficializado pela Lei 5.213, de 5.1.1966

Composição: Francisco Pinto da Fontoura / Joaquim José de Mendanha


Como a aurora precursora
Do farol da divindade
Foi o 20 de Setembro
O precursor da liberdade


Mostremos valor constância
Nesta ímpia e injusta guerra
Sirvam nossas façanhas
De modelo a toda Terra


De modelo a toda Terra
Sirvam nossas façanhas
De modelo a toda Terra


Mas não basta pra ser livre
Ser forte, aguerrido e bravo
Povo que não tem virtude
Acaba por ser escravo


Mostremos valor constância
Nesta ímpia e injusta guerra
Sirvam nossas façanhas

De modelo a toda Terra
De modelo a toda Terra
Sirvam nossas façanhas
De modelo a toda Terra
*********
Nosso Hino tem uma letra muito significativa e forte. Admiro o hino, nossa história e a fibra do povo gaúcho, é bom que não nos esqueçamos que " povo que não tem virtude acaba por ser escravo". Somos fortalecidos em nossos grupos, e dentro deles precisamos tornar nossos representantes, aqueles que ao menos forem justos e humanos. Hoje pouco vemos pessoas pensando em agir de maneira a priorizar seu grupo, mas sempre em privilégio próprio. Quando se pensa em votar apenas pela análise de benefícios que uma vitória trará a si, e somente a si em detrimento dos demais, infelizmente carregará em suas costas a culpa por uma sociedade cada vez mais corrupta e injusta. Podemos optar, por tirar alguma fisgada de privilégio ou agir com virtude, nessa ímpia e injusta guerra contra a corrupção no poder público.

Nenhum comentário: