sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Do site www.sni.org.br para conhecer um pouco sobre a Seicho-no-ie


O que é a Seicho-No-Ie?

É um ensinamento de amor que prega que o ser humano é filho de Deus, que o mundo da matéria é projeção da mente e, também, nos revela qual é a nossa verdadeira natureza. É uma filosofia que transcende o sectarismo religioso, pois acredita que todas as religiões são luzes de salvação que emanam de um único Deus.
Ano de Fundação: Fundada por Masaharu Taniguchi, em 1° de março de 1930, no Japão.
Quem foi Masaharu Taniguchi?

Dentre os líderes espirituais do Japão, Masaharu Taniguchi é um dos mais conhecidos e influentes. Através de suas preleções, livros, artigos, etc., atinge milhões de pessoas. Suas mensagens são simples, objetivas e capazes de modificar vidas.
Seicho TaniguchiAtualmente, o professor Seicho Taniguchi é o maior responsável pela Seicho-No-Ie em sua função de Supremo Presidente da Seicho-No-Ie.
A SEICHO-NO-IE é Religião ou Filosofia?

A Seicho-No-Ie pode ser considerada uma filosofia de vida e também uma religião, não há rigidez de conceito neste sentido. Ela tem como objetivo despertar no coração das pessoas a verdade de que todos são filhos de Deus e fazer com que, através de atos, palavras e pensamentos, tornemos este mundo um mundo melhor.
A felicidade de quem pratica:

Aqueles que praticam os ensinamentos da Seicho-No-Ie aprendem a reconhecer sua verdadeira natureza de filho de Deus e, em conseqüência disso, começam então a ocorrer fatos milagrosos como a cura de doenças, reconciliação de lares em desarmonia, exteriorização de grandes talentos, êxito profissional, solução de problemas econômicos e amorosos etc.
Para quem já tem uma religião:

Existem pessoas que, mesmo já sendo adeptas de uma religião e freqüentando assiduamente suas atividades, sentem-se muito bem e felizes ao entrar em contato com os ensinamentos da Seicho-No-Ie, que por sua vez recebe, com muito amor e carinho, todas as pessoas, sem nenhuma restrição.


***************
Em Santiago as reuniões são na Rua Barão do Ladário,1466
Segunda-feira 20:00 hs
Quarta-feira 16:00 hs

Um comentário:

Froilam de Oliveira disse...

Qdo fui residir em Poa (1981)comprei uma revista publicada pela Seicho-No-Ie. Gostei tanto que procurei o templo, na rua Riachuelo. Freqüentei algum tempo, como não tinha dinheiro para viajar, como passei a ler Krishnamurti, Freud, Erich Fromm... desisti do movimento.
Me lembro que lá dentro a gente agradecia tudo: MUITO OBRIGADO! MUITO OBRIGADO! MUITO OBRIGADO!
Eu vivia muito atribulado para absorver a paz dessa filosofia
pragmática.
Bjos