terça-feira, 26 de novembro de 2013

Dia de feira no Largo Zumbi dos Palmares/Largo da Epatur



Uma das coisas que mais sinto falta aqui na capital é da horta da minha mãe. Como é bom poder andar alguns passos e colher as verduras e legumes mais deliciosos do mundo. Mesmo na minha casa em Santiago, sempre tive um pomar com frutas em abundância, maracujas para congelar para o ano inteiro, e um cantinho de hortinha, com pelo menos algumas couves, rúculas e temperos, ah e também o velho pé de chuchu no muro. Na minha temporada de moradora de Capão do Cipó, logo providenciei um canteiro com temperos, salsa a vontade, cebolinhas e algumas tentativas de outras verduras. Hoje moro num apartamento  bem ao centro de Porto Alegre, e cultivo minha "hortinha" em potinhos na janela da cozinha, tenho salsa, cebolinhas e orégano, embora não sejam suficientes para meu consumo de verduras, é um prazer  cultivá-los e  usá-los, o que me faz  lembrar de regar e remexer a terra com a frequência necessária. Para minha alegria, Porto Alegre tem excelentes feiras, e tenho a sorte de morar bem pertinho do Largo Zumbi dos Palmares, onde todas as terças e sábados acontece a feirinha, eu prefiro a da Redenção com produtos orgânicos, mas esta acontece só aos sábados. Meu dia de feira tem sido as terças desde que comecei minhas aulas aos sábados. Resta-me então a feira do Largo do Zumbi,  minhas terças-feiras são mais felizes por causa dela, é uma fartura tão grande de produtos reunidos, que acabo sempre levando mais do que preciso, saladas, frutas, temperos, grãos, embutidos, queijos, com seus aspectos saudáveis, cores fortes e cheiro de vida, adoro! Mais tarde vou lá, hoje é dia de me deliciar!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Canseira

" A gente vai cansando, sabe...
de blogs com comentários anônimos, 
de palavras óbvias, 
de oportunismos mesquinhos,
de gente que critica por criticar,

é muito grito, para pouco espírito,
aí chega a hora que não dá mais,

a gente desiste,
se envergonha da burrice alheia,
se recolhe ao que nos faz bem,

pode ser estereotipado por isso,
pode ser invejado por isso,

alguns vão te amar, como é,
outros te querer longe,

os mais mesquinhos, podem até descontar "anônimamente" toda inveja que tem do mundo, olhando pra ti,
ou qualquer um;

mas o que tudo isso importa?
se está certo da tua busca
se carrega contigo tuas própias vitórias e decepções,

se leva no rosto, um sorriso que é só teu,
que transmite tua alma,
que te mostra por inteiro,

que importa os que não podem ver."

Coisas de Elis

Te amo



Assim de manhã, 

em pé na cozinha,
preparando o café...

de janelas abertas, ou 
na cama do quarto

já de sapatos, em cima da hora
desde que esteja com você...

e toda hora.


Coisas de Elis


DEUS SEGUNDO SPINOZA

“Pára de ficar rezando e batendo o peito! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, ...