quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Tempo de afiar o machado



Na época em que trabalhei na empresa Nicola Consórcios em Santiago, (adorei trabalhar lá), assisiti a uma palestra, onde foi contada a parábola do lenhador. Em resumo eram, dois lenhadores competindo para ver quem derrubaria mais árvores em menos tempo, um deles parava a cada tempo para afiar o machado e o outro, seguia enfurecidamente cortando mais e mais troncos. O tempo foi passando e aquele que afiava o machado com frequência, ultrapassou o outro, que já estava a fazendo mais esforço e obtendo um resultado ruim, precisando dar mais machadadas para derrubar um tronco. Ao fim da prova, o que perdeu perguntou: - Como conseguiu me vencer se parava a todo tempo?  E ele responde: - É que mantive meu machado afiado, sempre que parei foi para afiar o machado.
Tempo para "afiar o machado", colocar nossas idéias em ordem, se focar nos objetivos e esvaziar a mente de coisas ruins que dificultam nosso trabalho e nossa vida. Estou sentada, afiando meu machado, para o ano que inicia, será um ano de muito trabalho e muito crescimento, pessoal e espiritual, porque busco isso.

Nenhum comentário: