segunda-feira, 23 de maio de 2011

Coisas do Boqueirão - Abuso de criança e Cão mutilado

Apenas um domingo no Boqueirão. Não fiz nada de muito útil durante todo o dia. Tenho andado, impaciente, preocupada com meu próprio umbigo. Indignada, com algumas coisas, apesar de tudo isso confiante. Porque acredito que quem busca alcança, ou se cansa, não pretendo cansar tão cedo.
Os noticiários da região nesse final de semana nos mostraram dois fatos que  me deixaram, acho que não tenho a palavra certa, estarrecida talvez. O pior sem dúvida alguma, é o caso da menina abusada há anos por familiares, não me cabe julgar o que pensam e sentem os agressores para fazer tal ato, nem conheço o contexto da situação, o ato em si é repugnante, espero que a partir daqui essa criança possa esquecer tudo isso, e ter uma vida dentro do que nossa sociedade julga normal, sem mais consequências. O outro fato que me revoltou foi do indivíduo que amputou o pênis de um cão, porque este estava com a sua cadela, quanta ignorância! Quanta pobreza de espírito. Eu tenho uma poodle e ela teve dois filhotes que nem imagino quem seja o pai. Essa é a natureza, os animais buscam o que é natural para si. Se queremos humanizá-los é nossa responsabilidade zelar,  proteger e isso inclui esconder as cadelas no cio ou dar anticonsepcionais, eles existem.

Um comentário:

JANE GARCIA disse...

Oi Elisandra sou santiaguense mas moro aqui em sao borja,concordo literalmente contigo quando expressas tua repulsa a esses dois atos sórdidos, repugnantes enfim nao se encontra a palavra certa. O ser humano chegou num patamar fora do limite irracional que hoje preferimos conviver com animais e te-los como nossos amigos verdadeiros que podemos confiar a ter seres que degradam a espécie. Um abraço. JANE - SAO BORJA RS.