Ouço uma música. Ela toca somente em meus ouvidos. Danço suavemente... deslizo aos olhos dos inimagináveis apaixonados pela vida. Meus pés flutuam acompanhados pela alma dos sonhadores e repousam no mar da insanidade. Sinto cheiro de início de chuva, o sol se põe em magia surreal. Adormeço na meiguice da esperança, no devaneio do otimismo.



Comentários

Postagens mais visitadas