terça-feira, 27 de maio de 2008

Vou escrever auto-ajuda

Estive pensando e conclui: Vou escrever um livro de auto-ajuda, sim, pois estudando literatura, vi que os maiores escritores da humanidade, morreram pobres, alguns tidos como loucos e só foram reconhecidos depois de mortos. Analisando os escritores famosos da atualidade, vejo o grande Paulo Coelho, até entrou para a Academia Brasileira de Letras, está vivo, é reconhecido mundialmente e acumula grandes riquezas. Sim, vou escrever lições de auto-ajuda, vou dizer o óbvio, com ênfase, usando todos os verbos no imperativo, e o mais impressionante é que trará resultado aos leitores e a mim, pois vou me convencer de que sou boa escritora, posso tudo que quiser e " acredito firmemente no poder da minha mente."
********
Brincadeias de lado, no último sábado o Jornalista João Lemes lançou seu primeiro livro na festa dos 15 anos do Jornal Expresso Ilustrado, não estive presente, mas o Denilson já me deu detalhes e sei que a festa esteve maravilhosa. Até senti uma pontadinha de arrpependimento de não ter ido, mas não se pode estar em dois lugares ao mesmo tempo, quem me conhece sabe, admiro o pessoal do jornal e o talento de todos, mas nesse final de semana eu precisava mesmo era de colo de mãe e foi isso que fiz.
********
Não tenho escrito sobre política, nem minhas opiniões sobre acontecimentos, mas confesso eu ando me coçando pra escrever umas coisinhas. Mas como acabei de dizer, quem quer ganhar dinheiro e fazer sucesso, bom mesmo é escrever mensagens otimistas, e assim me manterei até que mude de idéia.

Nenhum comentário: