terça-feira, 13 de novembro de 2007

O exercício ao direito do voto

"Desde que o povo brasileiro reconquistou o direito de eleger seus representantes por meio do voto, eleições e democracia no Brasil são tratadas praticamente como sinônimos. O que ainda se discute é a obrigatoriedade do voto. A Constituição determina que o voto é obrigatório para cidadãos entre 18 e 70 anos e opcional para os que têm mais de 16 e menos de 18 ou para os que passaram dos 70 anos, o voto facultativo não retirará do cidadão nenhum direito, mas, ao contrário, dará a ele um novo direito: o de não votar. "
Eleições aproximam-se e no próximo ano, muitas caras novas estarão aí, desde agora, mais sorridentes, mais festeiras e presentes em todos os eventos. Os que podem, refazem ou tecem novas amizades com a imprensa, afinal praticamente tudo que se vê ou se lê de alguém, é passado por ela. A mídia, faz ou destrói um candidato, partindo de um mesmo fato, sem mentiras, apenas mostrando lados diferentes. Os políticos em geral, muito mais parecem que são, poucos tem coragem de viver como gostariam, freqüentar os lugares que se sentem melhor, em companhias agradáveis. Difícil sabermos o quanto do que eles parecem, realmente são. Nossa aversão nacional com a classe é muito grande, dessa forma não estamos preparados para o voto livre, sem obrigatoriedade. Vamos continuar votando mal, mas sem grandes decepções, porque já não esperamos muito.

Nenhum comentário: