sexta-feira, 14 de maio de 2010

O sol nasce todos os dias para todos

" Não se preocupe exageradamente, nem se deixe cegar, na busca do seu lugar ao sol, esse espaço já é seu. Ele já nasce, indiscriminadamente todos os dias, e brilha para todos. Seu espaço será proporcional apenas a sua grandeza."

***************
Sobre meus dias absolutamente normais, posso incluir hoje, uma enorme gripe. Sabem aquela sensação de preguiça, vontade de ficar parada, encolhida, tomar um chá ou um chimarrão. Vontade de nada, deitar e se deixar ficar. Mas...não vai dar, tenho uma jantinha sagrada entre amigos, daqui a pouco; amanhã bem cedo, vou pra fora ( quando digo pra fora é para casa de meus pais em NES) para mais uma sessão de "faça você mesmo", e dar continuidade as pinturas das paredes da casa. A noite, sempre temos mais alguém pra janta, vou ser obrigada, ( hehehe) a fazer alguns doces, e a acompanhar as visitas no vinho. Então, querida, gripe, me perdoe, mas essa sensação preguiçosa terá de me abandonar em alguns minutos.

Nenhum comentário: