terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Tudo é poesia

Pra minha amiga técnica em enfermagem, Mara:

Oração da fluxetina

Fluxetina nossa que estais no almox
Venha a nós o vosso cloridrato
Bendito seja o receituário
Assim do clínico geral como do psiquiatra

Seja feito o vosso efeito
Assim nas manhãs de segunda
Como nas tardes de domingo

E o comprimido nosso de cada dia
Nos dai pelo SUS
Perdoai os nossos Diazepans
Assim como nós perdoamos os vossos colaterais

Prozac

Nenhum comentário: