quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Inversão de valores

Vivemos numa era violenta, todo lugar poderá ser cenário de um crime. Um inofensivo passeio na praça ao final do dia, uma saída para uma festa no final de semana, até um ato patético de atravessar uma rua é cada vez mais arriscado. As pessoas estão mais agressivas, mais vingativas. Os pais super-protegem as crias, lhes dando sempre razão, estas crescem pensando que são obrigadas a levar vantagem sempre. As pessoas não aceitam mais perder mesmo uma pelada de areia. Os que ganham não tem postura para apreciar a vitória. Os humanos cada vez mais se dividem em grupos, por afinidades, se protegem e procuram eliminar os outros grupos. Muitos pensam que a sua felicidade está na destruição de quem é melhor. Foi trocado pela namorada vai lá e mata o rival. Cada um pensa em si e não se envergonha, nem disfarça o egoísmo.

Esquecem que ao nascer, ganhamos um espaço e uma missão. Ao longo dos tempos, vamos cumprir essa missão, enquanto semeamos nosso caminho, ele poderá ser de discórdias e vinganças ou de paz e bondade. Somos nós que plantamos.

Precisamos resgatar os valores básicos antes que nossa sociedade se perca: A VERDADE, A RETIDÃO, A PAZ, O AMOR, O PERDÃO, A NÃO-VIOLÊNCIA .

********

Lembre:


"As estrelas não deixam de existir quando o dia amanhece."

Se você gostaria de ser como alguém, não gaste sua preciosa vida tentando destruí-lo, apenas copie as atitudes positivas que o fizeram o que é.

Um comentário:

Froilam de Oliveira disse...

Gostei muito da tua reflexão. Recomendo a leitura de O MACACO NU de Desmond Morris.
Abç