quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Excesso de conhecimento causa estresse

A mãe de uma amiga dos tempos de escola, sempre dizia que a única fortuna que nenhum ladrão leva é o conhecimento. Hoje vivemos nos tempos da informação, acesso fácil a internet, variedade de jornais e revistas, vários canais de TV. Mas, chego a conclusão que mais felizes são aqueles que mais ignoram, aqueles que ainda se realizam com a novela das sete, os que ainda acreditam nas promessas dos políticos, os que conseguem olhar as pessoas sem ver o que há por trás de cada uma, os que nem sonham com o aquecimento global, nem imaginam o preço do dólar. Quanto mais sabemos e vivenciamos, mais queremos buscar, e nessa busca há muitos concorrentes, cada qual quer estar melhor preparado, para isso, não basta faculdade, objetivamos pós-graduação, e isso não basta, queremos mestrado e curso de inglês, não podemos deixar de ser feras na internet, é necessário saber quais as melhores marcas de carros, os mais econômicos, os mais esportivos. É uma teia de buscas e insatisfações, quanto mais sabemos e mais conhecemos de tudo, mais indignados ficamos, mais revoltados e conseqüentemente estressados. Passamos a não tolerar desculpas, a não aceitar pacificamente as imposições da sociedade e a questionar. Esse inconformismo, gerado por saber o que deveria ser feito e não é, por saber que as pessoas que deveriam se preocupar com o coletivo se preocupam somente consigo, esse insistente desejo de mudar o mundo com as próprias mãos, é que não nos deixa relaxar e assistir a novela das sete em paz.

Nenhum comentário: