terça-feira, 25 de setembro de 2007

Padrões de beleza distorcidos


Uma campanha publicitária que usa uma modelo anoréxica está roubando a cena na abertura da Semana Internacional da Moda de Milão. Os anúncios, expostos em jornais e outdoors italianos, mostram uma modelo nua sob os dizeres "No Anorexia" (Não Anorexia). A modelo é a jovem francesa Isabelle Caro, que pesa apenas 31 kg.

Não é de hoje que os padrões de beleza, são uma apologia a magreza, roupas perfeitas, desfilam em passarelas deslizando sobre corpos, hiper magros. Manequins, muito bem pagas, ganhando fortunas para desfilarem de cara fechada e nariz empinado, essas são as aspirações de toda adolescente do século XXI. Mesmo as que nem sonham com passarelas, acabam condicionando, sua felicidade, sua auto-estima ao estar dentro dos padrões, em caber dentro daquela calça, daquela bluzinha. Dessa forma, não medem conseqüências, arriscando sua saúde e sua vida, já não era sem tempo, das agências e estilistas, principais responsáveis por esse estigma, iniciarem campanhas de reversão, desse culto a uma beleza esdrúxula.

Nenhum comentário: